As tropas do Exército Brasileiro voltarão a atuar no Segundo Turno das Eleições no Pará. Ao todo, o Comando Militar do Norte (CMN) disponibilizará cerca de quatro mil militares para garantir a ordem e a segurança em 57 municípios do Estado.

No Primeiro Turno, o Exército esteve presente em 56 municípios, que receberam apoio logístico e ações de garantia da Lei e da Ordem durante a votação e a apuração do pleito, nas localidades solicitadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Já no próximo final de semana, a novidade é Vigia.

Além do município, também receberão efetivos as cidades de Marabá, Santo Antônio do Tauá, Curuçá, Ourém, Santa Luzia do Pará, Paragominas, Mãe do Rio, Altamira, Brasil Novo, Vitória do Xingu, Bom Jesus do Tocantins, Conceição do Araguaia, Floresta do Araguaia, Santa Maria das Barreiras, Itaituba, Trairão, Aveiro, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Redenção, Pau d’arco, Cumaru do Norte, Ourilândia do Norte, Porto de Moz, Jacareacanga, Tailândia, Novo Repartimento, Jacundá, Anapu, Tucumã, Brejo Grande do Araguaia, Tucuruí, São Felix do Xingu, Cachoeira do Arari, Santa Cruz do Arari, Bagre, Breves, Oeiras do Pará, São Sebastião da Boa Vista, Ipixuna do Pará, Aurora do Pará, São Domingos do Capim, Garrafão do Norte, Nova Esperança do Piriá, Curralinho, Melgaço, Augusto Correa, Afuá, Chaves, Gurupá, Anajás, Monte Alegre, Oriximiná, Igarapé-Miri, Terra Alta e Concórdia do Pará.

As tropas começarão o deslocamento no dia 23 de outubro e irão atuar durante o pleito eleitoral e as movimentações da apuração das eleições. Os militares vão trabalhar em ligação direta com os Juízes Eleitorais e em integração com as autoridades policiais para permitir o livre acesso aos locais de voto e possibilitar a tranquilidade do pleito eleitoral e da apuração. Não há transporte de urnas eletrônicas por parte do Exército no Estado.