presidente da ACIC, cita pautas de reinvidicações

Presidente da ACIC apresenta as solicitações

O encontro reuniu a diretoria da Associação Comercial e Industrial de Curionópolis – ACIC, presidida pelo empresário Miguel Cássio, comerciantes locais e representantes da mineradora que está implantando em Curionópolis o projeto Serra Leste.  Em pauta, compras no comercial de Curionópolis, emprego para comunidade local, incentivo para fortalecimento da entidade de representação dos comerciantes e aproximação das terceirizadas com a ACIC.

Representando a Vale estiveram na reunião Luiz Veloso, gerente de relacionamentos, Alan Silva do suprimentos e do setor de contratos Aurilio Sousa. A reunião que começou às 10h00 da de ontem quinta-feira e aconteceu na Câmara Municipal em atendimento ao convite feito a Vale pela diretoria da ACIC.

O presidente da entidade abrindo a reunião falou das demandas que pretendia que fossem atendidas pela mineradora, como proposto na pauta da reunião. “Queremos ter uma boa parceria com a Vale, chegar a um entendimento que tanto a empresa quanto nosso comercio local sejam beneficiados”, afirmou Miguel. Para o presidente da ACIC, o apoio da empresa irá possibilitar que os empresários possam se adequar e assim terem a possiblidade de serem fornecedores e/ou prestadores de serviços.

Luiz Veloso explica como a Vale pretende ajudar a ACIC

Luiz Velos, fala do interesse da Vale em contribuir com as comunidades onde atua

O incentivo a contratação de mão de obra local tanto por parte da mineradora quanto pelas empresas terceirizadas também foram debatidos, assunto no qual fortaleceram o pedido os vereadores presentes, Wilson Acácio – PT, Edilei Lopes – PP, Wilson Ferreira – PV e Mágno Santos – PMDB. “Essa é uma preocupação nossa, inclusive já tivemos reunião com a Vale no sentido de buscar mecanismos para elevar a contratação de mão de obra local”, reforçou  Wilson Ferreira.

Após ouvir a representação da classe comercial e membros do Legislativo, Luiz Veloso lembrou que a empresa está passando por um momento complexo uma vez que o minério de ferro vem sofrendo forte baixa, “ainda sim a Vale mantém seus compromissos firmados através das Audiências Públicas e tem total interesse em contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde atua”, afirmou Veloso. O representante da empresa disse que todas as pautas de reivindicação serão debatidas e na medida do possível atendidas, mas lembrou: “Algumas não estão ao nosso alcance, como por exemplo, exigir que as empreiteiras tenham escritórios no município, ou determinar que as licitações de compras do Serra Leste se restrijam ao comércio de Curionópolis, mas podemos provocar uma reunião onde a ACIC poderá debater isso com as próprias empresas terceirizadas e buscar mecanismos para ajudar o comércio da cidade a se tornar competitivo”.

diretoria_e_membros_da_ACIC

Diretoria da ACIC, comerciantes e vereadores participaram do encontro

Sobre o consumo no comércio local o gerente de contratos Aurilio Sousa informou que todo processo é feito por meio de licitação e que para isso o fornecedor deverá estar cadastrado através do Quadrem: “Reconhecemos que para isso será necessário dar um suporte aos empresários do município para que possam atender os requisitos para ser fornecedor da Vale, e exatamente por isso é importante esse contato com a entidade de representação, assim podemos saber qual será a melhor forma de contribuir com o crescimento do comércio”.

Em entrevista Alan Silva, gerente de suprimentos informou que outra forma de incentivar a compra no comercio local é o cartão que permite que cada gerência de setor possa comprar direto no comercio insumos necessários sem a necessidade de licitação e o comércio fornecedor não precisa estar cadastrado no caso dessa venda. “Mas é importante lembrar que esse cartão é limitado ao valor de U$$ 25 mil dólares, e apesar de ser um valor considerado pequeno, pode ajudar muito no comercio local, e vamos incentivar para que todas as gerências do projeto Serra Leste se cadastrem para ter esse cartão e assim possam fazer compras quando necessárias no comércio local de forma mais ágil”.

O gerente ainda afirmou que até o dia 15 de março deverá estar vindo para o município uma equipe do Quadrem para orientar os comerciantes como se enquadrar no programa e assim estarem aptos a fornecer para a mineradora através de licitações produtos e serviços.

Por fim Luiz Veloso disse que conduzirá as demandas a outras diretorias da Vale, mas de antemão prevê que a mineradora poderá ajudar a ACIC na organização da nova sede: “Iremos fazer o possível porque esse é um interesse da Vale, ter um bom relacionamento com as comunidades e ajudar no desenvolvimento local. Quanto às empreiteiras vamos assim que possível convocar para uma reunião com a ACIC e assim a diretoria da entidade poderá fazer suas solicitações diretas as empresas”.

Miguel agradece diretores da Vale por aceitarem a reunião

Miguel agradece diretores da Vale por aceitarem a reunião

Miguel Cássio, presidente da ACIC finalizou agradecendo a todos os que participaram da reunião e disse estar muito satisfeito: “Acredito que estamos no caminho certo, precisamos e vamos unir nossa classe a fim de melhorar o comércio e assim gerar cada vez mais emprego e renda no município”, finalizou.

Participação nos Resultados – Os representantes da Vale chamaram a atenção dos comerciantes para outra realidade, os empregos gerados no Serra Leste criam outros consumidores em potencial, os próprios funcionários e alguns artifícios podem ser usados para manter esse consumidor comprando no comércio local.

Posso dar um bom exemplo, semana que vem a Vale pagará a PR, e cada funcionário receberá um bom acréscimo nos seus salários, se o comércio estiver preparado pode absorver esse consumidor, mas é importante que surjam atrativos para que esses consumidores não precisem ou não queiram ir as cidades vizinhas fazerem suas compras”, frisou Veloso.

Wenderson Costa
Agência R30

Fotos: John Jessé