Notícias

AVANCO ABRE DIÁLOGO COM A COMUNIDADE DE CURIONÓPOLIS. PRÓXIMO PASSO DA COMISSÃO É O PROJETO SERRA LESTE

Presidente da Câmara Cassiano Bezerra, prefeito Chamonzinho e diretores da AVANCO
Presidente da Câmara Cassiano Bezerra, prefeito Chamonzinho e diretores da AVANCO

Atendendo uma solicitação dos vereadores e uma reinvindicação da sociedade diretores da AVANCO estiveram em Curionópolis na manhã desta quarta-feira dia 19 trazendo esclarecimentos sobre o projeto ANTHAS e sobre a demanda da contratação de mão de obra local.

Estiveram presentes o diretor do projeto Dr. Luiz Maurício o prefeito Wenderson Azevedo Chamon – PMDB, e todos os vereadores bem como esta comissão que foi indicada para representar a sociedade na reunião.

Foram feitos várias indagações e solicitações que tiveram resultados positivos que são listados abaixo.

1 – A empresa nos próximos 15 dias deverá instalar um escritório de representação em Curionópolis;

2 – A empresa irá encaminhar todos os currículos entregues em seu escritório para as suas terceirizadas pedindo prioridade (MCM, IRF, Compacta) *observação terá prioridade mão de obra já qualificada.

Área do empreendimento em implantação
Área do empreendimento em implantação

3 – A empresa junto com o Executivo, Legislativo e comissão deste grupo irá iniciar uma roda de negociação com os proprietários das fazendas da estrada de acesso ao projeto para que a mesma seja liberada. Essa estrada dar acesso direto a sede do município.

Essa ação será prevista para acontecer nos próximos quatro meses e a obtenção dela irá possibilitar o transporte dos funcionários de Curionópolis para a fase de operação direta da Avanco, fase está que empregará até 90 pessoas na mina.

4 – A empresa Avanco deixou claro que contratará e Curionópolis será prioridade para sua fase de operação (90 empregos). Portanto Vereadores e Executivo se comprometeram a unir forças para liberar o acesso. A comissão encontra-se disponível para esclarecimentos, bem como quaisquer questionamentos.

SERRA LESTE – Na reunião entrou em pauta a questão do Projeto Serra Leste que está quase parando definitivamente devido a não liberação de uma Licença Ambiental que solicita o aumento da produção de 2 milhões de toneladas para 6 milhões.

Segundo fontes, das oitenta condicionantes impostas a Vale durante a liberação dos 2 milhões de toneladas apenas uma não foi cumprida, ainda sim a mineradora se comprometeu a cumprir ultima condicionante, que segundo a fonte trata-se de uma área de floresta da qual soubemos ainda não será tocada mesmo com aumento da produção.

Segundo a comissão do grupo, solucionada a questão AVANCO o próximo passo será dar total apoio aos funcionários empregados do Projeto Serra Leste que se sentem com os empregos ameaçados caso não haja produção no projeto.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios