Notícias

BANDIDOS INVADEM A CASA DE UMA VEREADORA EM ELDORADO

Gavetas foram reviradas
Gavetas foram reviradas

Segundo informações por volta 4h30 da madrugada, durante a chuva dois indivíduos invadiram a casa da vereadora Simone Moraes – PRP de Eldorado do Carajás. Os elementos fizeram uma grande bagunça revirando objetos e móveis, mas não levaram nenhum item de valor, apenas documentos.

Um vizinho disse: “Nós ouvimos os barulhos, pois moramos do lado da casa da vereadora, mas quando corremos pra lá os caras fugiram de moto”.

Marcas dos pés ficaram por vários comodos
Marcas dos pés ficaram por vários comodos

Os bandidos depois de pular o muro tiveram acesso a casa por uma janela, do lado de dentro fizeram uma grande vasculha. Segundo uma pessoa ligada a vereadora ela não estava em casa na hora do ocorrido: “Os documentos mais importantes estava com a vereadora em Marabá, inclusive um que ela publicou em rede social ontem”, disse a pessoa que completou: “Mas bandidos levaram outros documentos referentes à denúncias que estavam no escritório, tipo;  Boletim de Ocorrência da Polícia Federal por ameaça, protocolos e outros”. A vereadora estava em Marabá onde visitava familiares que residem na cidade vizinha.

Na postagem citada à vereadora expõem a cópia de um decreto que dispõem sobre o contingente e redução do quadro de funcionário. Na postagem a vereadora diz: “Em decreto emitido a Câmara Municipal o executivo diz que por causa da crise os recursos do município sofrem uma perca, mas diante de documentos puxados dos últimos repasses não existe tal quebra, muito menos perdas que justifiquem as demissões. São apenas desculpas dadas para tentar manter na cabeça do eleitor o que eles bem querem. Mentiras, mal feitos, apropriação indevida da máquina pública. Não é culpa da crise do país e sim, incompetência do executivo”.

Vereadora Simone faz dura oposição a atual gestão
Vereadora Simone faz dura oposição a atual gestão

A vereadora Simone vem fazendo oposição ao governo de Divino Campos – PPS denunciando segundo ela as “improbidades administrativas”, uma delas que causou o afastamento do prefeito por 90 dias, referente a repasses da merenda escolar. O afastamento aconteceu em 14 de maio de 2015. No caso o então secretário de educação Augusto César Monteiro Falcão também foi afastado.

No dia 17 de agosto em Sessão na Câmara após o prefeito ser restituído ao cargo as denúncias também foram arquivadas tendo com voto contrário ao arquivamento apenas o da vereadora e do vereador do PT Luís Lima.

SOZINHA – Não há provas que possam ligar o arrombamento na casa da vereadora com as suas denúncias feitas no Legislativo e no Ministério Público, ainda sim essa é a principal suspeita da Legisladora e de pessoas ligadas a ela.

Na Câmara a vereadora tem ficado sozinha na oposição. O principal defensor da administração municipal é vereador do PSB José Almeida que conta com apoio total do presidente da Casa vereador Valmir Solidade – PP.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA – Na manhã deste sábado, 24, a vereadora junto com assessores foi até a Delegacia de Polícia de Eldorado do Carajás para registar o B.O. dando ciência as autoridades do ocorrido.

Veja também

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios