Notícias

Carceragem do Rio Verde tem novo diretor

diretor_carceragem
Novo diretor Adalberto Murilo Barbosa de Sousa

A carceragem do Bairro Rio Verde, em Parauapebas, tem como novo diretor Adalberto Murilo Barbosa de Sousa. Com nova direção, desde o final de junho, a cadeia pública municipal vem passando por transformações, visando o aumento da segurança da casa penal, como mudanças nas estruturas do prédio e nos procedimentos de segurança.

O xadrez vinha funcionando sob intervenção desde o afastamento do diretor José Williams Freitas Cordeiro, que foi preso em flagrante dirigindo embriagado há pouco mais de um mês.
“Estamos fazendo reformas na estrutura da casa de custódia por se tratar de um prédio antigo e também em relação à segurança. Fizemos solda em portões e grades e também recebemos mais equipamentos de segurança, como rádios, bancos detectores de metal e extintores de incêndio. Dentre as mudanças, estamos fazendo a identificação da casa penal, pintando o nome na frente do prédio, a logo da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) e a bandeira do estado”, explica Adalberto Murilo.
O novo diretor acrescenta que os procedimentos de segurança também devem evitar fugas, consideradas constantes na casa penal. “As fugas geralmente ocorrem a partir de procedimentos de segurança mal feitos ou com conivência. Estamos corrigindo os procedimentos de segurança e colocando posto fixo na laje, que é a parte mais vulnerável. O efetivo, que antes era de dois agentes por plantão, passou agora para quatro a cinco, o que também dá maior segurança, além de reforçar a cerca elétrica e instalar mais câmeras no local”.
Oriundo de Belém, o atual diretor trabalhou na Susipe por 12 anos, afastou-se do órgão e agora retorna assumindo a carceragem de Parauapebas. “Tenho experiência, mas nunca aprendemos tudo, então estamos chegando para somar, com o apoio dos agentes prisionais”, comentou.
(Vela Preta/Waldyr Silva)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios