Notícias

Curionópolis – Famílias ganham casa nova no mês do Natal

O que um pai ou mãe de família que mora de aluguel ou de favor poderia querer de presente de Natal? A resposta está no programa de habitação familiar desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Curionópolis. Casa Nova, Vida Nova, esse é o nome do programa e com certeza seria a resposta de muitos desses pais de família.

Partindo para um olhar mais estatístico podemos observar os dados de uma pesquisa que demonstra o Déficit Habitacional Municipal no Brasil 2010, da Fundação João Pinheiro, em parceria com o Ministério das Cidades, a partir dos números do Censo 2010. O estudo, que pela primeira vez analisou todas as cidades do país, apontou déficit de 6,940 milhões de unidades, sendo 85% na área urbana. Ou seja, quase 7 milhões de famílias não tem onde morar no Brasil, em Curionópolis o déficit teve uma baixa considerável para um município de 18 mil habitantes, no município 208 famílias deixaram moradias precárias, o aluguel ou moradia de favor para morar em suas casas, só na manhã deste sábado foram 18 famílias beneficiadas.

“É uma grande emoção acompanhar uma entrega dessas, realmente não tem como não se comover com as histórias de vida, e, com o trabalho que o prefeito Chamonzinho vem fazendo em Curionópolis”, disse o vereador Tota – DEM, de Eldorado do Carajás.

O programa consiste em doar casas, e, diga-se de passagem, não há nenhuma cobrança, uma vez beneficiado o contemplado não paga nada. Porém é importante observar alguns critérios minuciosamente analisados pela primeira dama Mariana Azevedo e pela Assitente Social Joana D’Arc de Moraes que levam em conta as condições financeiras da família, a moradia, e qual o grau de vulnerabilidade das famílias. Observa-se também que na contemplação a casa fica no nome da mãe, para no caso de uma separação garantir a moradia dos filhos. Regra essa que foi quebrada por uma causa muito justa na entrega desta manhã.

Edivaldo dos Santos Coelho recebeu a casa em seu nome, isso porque ele foi abandonado pela esposa que deixou três filhos, sendo uma com necessidades especiais. O caso chamou a atenção não apenas do serviço social da prefeitura, mas também das centenas de pessoa que acompanharam a entrega. “Esse caso foi especial e não tinha condições nenhuma de não ser atendido, o pai enfrenta dificuldade para cuidar sozinho dos filhos e sem uma moradia digna”, explicou o prefeito Chamonzinho.

Edivaldo devido sua condição ainda foi contemplado com uma geladeira e um fogão doados pela Prefeitura, ganhou ainda uma TV de um empresário da cidade e ganhou cestas básicas do programa Mutirão de Natal da Igreja Adventista.

Todas as 18 famílias beneficiadas nesta manhã necessitavam muito da moradia, são famílias que enfrentam dificuldade além da necessidade de uma casa, que tem casos de doenças irreversíveis, alguns que não podem trabalhar, outros que estavam sendo despejados por falta de pagamento do aluguel, famílias que passaram o Natal e suas casa próprias com dignidade e sem ter mais que desembolsar valores para poder ter um teto para ficar debaixo.

No encerramento o prefeito Chamonzinho agradeceu a todos da equipe que ajudam a realizar esse programa, também deu oportunidade para a primeira dama se pronunciar, Mariana disse estar feliz pelas famílias e reforçou: “Eu acompanho o caso de cada uma, é comovente ver com precisam de um auxílio, de uma moradia digna e estou feliz por meu esposo poder olhar com carinho para esses casos e dar a atenção que essas famílias merecem, quero dizer que já temos mais uma quadra em construção e tenho certeza que o Governo do Trabalho vai continuar trabalhando para atender mais famílias que esperam pelo programa”.

Por fim o prefeito reuniu todos que participaram e que estavam presente na entrega da ultima casa do dia da dona Maria Rosa na rua Maceió no Jardim Panorama e dirigiu uma oração agradecendo a Deus pela realização.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VOCÊ VIU ISSO?

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios