Notícias

EMPREGO E RENDA: PREFEITURA E MOVIMENTOS SOCIAIS DEBATEM ALTERNATIVAS

O prefeito Darci Lermen, representando o Poder Executivo, participou hoje, 7, de uma assembleia organizada pelo Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM), no plenarinho da Câmara Municipal de Parauapebas. Além de Darci Lermen, secretários municipais e vereadores estiveram na reunião que teve como um dos objetivos discutir alternativas para geração de emprego e renda frente à crise econômica que o país atravessa.

De acordo com Jorge Neri, um dos organizadores da assembleia, a mineradora Vale também foi convidada, mas não enviou nenhum representante ao encontro. Apesar disso, várias pautas tinham relação com a empresa. Entre as principais, a criação de novos postos de trabalho para profissionais de Parauapebas. “A Vale continua a trazer pessoas de fora da cidade para trabalhar em empreendimentos daqui, ignorando o número de desempregados que existem no município”, reclamou.

Em assuntos que competem à prefeitura, Darci Lermen se comprometeu em trabalhar para se reunir com a Vale e outras empresas para criação de um fundo de emergência social para enfrentar as consequências da queda da arrecadação e crise econômica em Parauapebas. “Poderíamos convidar empresas que prestam serviços para a Vale e prefeitura. A cada novo membro conquistado para essa colaboração, a prefeitura pode colaborar da mesma forma, claro, com a aprovação da Câmara”, disse o prefeito.

A construção imediata do Restaurante Popular também foi uma das exigências da MAM. Para isso, uma nova proposta deverá ser apresentada em breve pelo governo municipal. Além disso, doação de lotes urbanizados foi lembrada pelos membros do movimento. Para amenizar a situação, a prefeitura já busca uma alternativa. “Iremos fazer a retomada de lotes e casas que foram disponibilizadas e que não estão sendo utilizadas. Um a um iremos retomar lotes que estão abandonados há vários anos”, garantiu Darci Lermen.

PROGRAMA PLURIANUAL

A geração de emprego e renda em Parauapebas deverá aparecer entre as prioridades da população no questionário que está sendo distribuído a todas as pessoas que estão participando das audiências públicas, para construção do Plano Plurianual (PPA) do município, para o quadriênio 2018-2021.

Iniciadas no sábado, 3, as audiências prosseguem até 11 de julho. Começou pelo bairro Tropical, seguiu para Palmares II e Habitar Feliz e amanhã, 8, estará no bairro Altamira, a partir das 18 horas. As reivindicações por mais emprego e renda são esperadas pela Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), responsável pela organização das plenárias, 19 no total, sendo que duas serão específicas com sindicalistas e empresários.

Texto: Anderson George
Fotos: Matheus Costa

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios