Notícias

INSS: aprovação de orçamento acelera concurso

As expectativas para o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) só aumentam. Anunciada em 2014, a seleção, que deve preencher 4.730 vagas, depende apenas do aval do Ministério doPlanejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para sair do papel. Tal processo pode acontecer de forma um pouco mais rápida com as novidades vindas do Congresso Nacional.

A primeira é a aprovação do Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015, que ocorreu na última semana. O documento é essencial para que o MPOG libere o concurso, já que determina quanto cada órgão do Governo Federal pode gastar durante o ano e, principalmente, quantas vagas podem ser abertas ao longo de 2015.

Com o Orçamento de 2015 aprovado, a autorização do concurso do INSS fica inteiramente nas mãos do Planejamento. A expectativa é que o ministério aprove o quanto antes, isto porque o instituto sofre com a alta defasagem de pessoal, o que pode, inclusive, comprometer os serviços prestados à população.

O diretor de gestão de pessoas do INSS, José Nunes Filho, apontou que o órgão tem, em média, uma carência de 1.800 servIdores. De acordo com relatório feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU), 18.420 servidores terão preenchido as condições de aposentadoria até 2017.

MAIS DETALHES

Dos postos que o INSS quer abrir em 2015, 2.000 são para o cargo de técnico do seguro social, 1.580 para analista do seguro social e 1.150 para perito médico previdenciário.

A função de técnico necessita de certificado de nível médio, desde que emitido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Este ano, a remuneração deste cargoestá em R$ 5.016,87, incluindo R$ 373 de auxílio alimentação.

A carreira de perito médico previdenciário terá como requisito o diploma de curso de graduação em medicina e registro regular no conselho regional de medicina. O vencimento anterior deR$ 10.056,80, passou para R$ 11.225, já contando os benefícios.

Por fim, o cargo de analista do seguro social necessitará de formação superior (em diversas áreas de atuação) e registro no respectivo conselho de classe.

Salários iniciais aumentaram de R$ 6.509,19 para R$ 7.520,12, já com o vale-alimentação.

Fonte: Jornal dos Concursos/Diário do Pará

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios