No dia seguinte, arma usada no crime ainda estava no local

No dia seguinte, arma usada no crime ainda estava no local

Dois jovens identificados até o momento pelos apelidos de Bidan e Tizin respectivamente podem ser os responsáveis na morte de Adônis Rodrigues dos Santos de 21 anos ocorrido por volta das 20h00 de ontem, segunda-feira. Essa é a primeira suspeita da Polícia Militar que atendeu o chamado.

O homicídio aconteceu na Rua 9 de maio na entrada do bairro Chamonlândia, mais precisamente embaixo de umas mangueiras, na cidade de Curionópolis sudeste do Pará. Na manhã de hoje a equipe do Repórter30 esteve no local onde conversou com moradores todos preferem ficar no anonimato, mas confessaram que a frequência desses jovens no local era constante e que discussões eram comuns.

Para a Polícia o primeiro indício é que tenha havido mais uma dessas discussões e devido ao consumo de álcool e possivelmente de drogas já que no local foram encontrados alguns papelotes de entorpecentes os desafetos tenham desferido dois golpes de faca no peito da vítima que morreu na hora. Essas informações preliminares foram repassadas pelo comandante da guarnição da PM que atendeu o chamado, Sargento M. Silva, que estava acompanhado dos soldados R. Farias e C. Freitas.

A Polícia Civil também acompanhou o caso e dará procedimento as investigações, até o momento os dois jovens que podem ser os autores do crime não foram localizados pela polícia.

Nas mangueiras foi possível ver as marcas de sangue, um vidro de destilado e copos quebrados

Nas mangueiras foi possível ver as marcas de sangue, um vidro de destilado e copos quebrados

No local do crime, na manhã de hoje conseguimos ver as marcas de sangue, uma garrava de destilado, copos quebrados e um pedaço da arma usada no crime, à faca de uso doméstico não suportou o impacto e partiu ao meio.