CurionópolisNotíciasRegião

Lixão de Curionópolis é tema de trabalho acadêmico aprovado em evento internacional

Acadêmicos de Engª de Produção e o professor orientador

Os discentes Wesley Silva Rocha, Riviane Bruna de Sá e Souza, Diana de Sousa Quintero, Agda Tigre de Souza, Lucas Linhares Macedo, Thales Cordeiro Oliveira e Ítalo Araújo de Lima, do curso de Engenharia de Produção, da Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus de Parauapebas participarão da 1ª edição do Congresso Internacional de Engenharia de Saúde Pública e de Saúde Ambiental (CIESA) “Saneamento e Saúde Ambiental: Desafios Globais para o Desenvolvimento Sustentável”, realizado pela Fundação Nacional de Saúde – FUNASA, Ministério da Saúde. Os discentes tiveram seus trabalhos aceitos para apresentação e publicação em anais na categoria Mostra de Experiências Bem-Sucedidas. Os trabalhos aceitos foram:

Avaliação dos impactos ambientais em espaços urbanos decorrentes do lixão na cidade de Curionópolis-PA, de autoria dos discentes: Wesley Silva Rocha, Riviane Bruna de Sá e Souza, Diana de Sousa Quintero e Agda Tigre de Souza.

Condições ambientais e efeitos da queima da biomassa na saúde humana: um estudo de caso da capital Belém-PA, de autoria dos discentes: Agda Tigre de Souza, Lucas Linhares Macedo, Thales Cordeiro Oliveira e Ítalo Araújo de Lima.

Os trabalhos foram frutos de pesquisa de base desenvolvidas nas disciplinas de Auditória e Sistema de Gestão Ambiental e Ergonomia e Saúde no Trabalho (6º período), orientadas pelo Prof. M.Sc Thiago Fernandes. O evento pioneiro trará a oportunidade para o debate e a troca de experiências e tecnologias no cenário técnico-científico nacional e internacional. Este ano ocorrerá na cidade de Belém / PA, de 26 de novembro a 01 de dezembro de 2017. A coordenação do curso de Engenharia de Produção parabeniza os discentes pela iniciativa e desempenho.

Ascom/Ufra

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios