Uma foto postada em uma rede social está causando revolta nos moradores de Marabá. Um funcionário do HMM (Hospital Municipal de Marabá) é flagrado em local de trabalho acessando a rede social Facebook, enquanto uma mulher, em pé e com uma criança no colo, aguarda atendimento.

A foto foi postada originalmente no dia 6 de março com a legenda: “Senhores, compartilhe essa foto é do Hospital Municipal de Marabá, enquanto você espera, o funcionário usa o Facebook. Observe uma mulher com uma criança de colo. Vergonha! Compartilhe e vamos ver qual a desculpa dos gestores”.

A imagem repercutiu tanto que até o momento já foi compartilhada por 777 pessoas. Muitos deixaram seus comentários de indignação com o fato: “Esse Marabá tá precisando de uma gestão de choque”, disse o usuário Fiorelli; “Isso é um absurdo! e quando você vai reclama e eles te tratam mal ainda, comentou Keury Almeida; “Vergonha hein, senhor prefeito #João Salame, quais as providências tomadas, dê uma resposta pra sua população, aproveita”, publicou Delton Melo.

Procurado pela reportagem, Wilson Rebelo, da Assessoria de Comunicação da prefeitura, disse saber sobre o acontecido e que estão produzindo uma nota oficial para esclarecer sobre o fato, mas que será divulgada apenas amanhã (11).

“É que estávamos reunindo as notificações. Todos os funcionários do HMM já foram notificados mais uma vez, dessa vez de forma escrita, para que não venham acessar as redes sociais, seja através dos desktops, seja através da rede Wi-Fi, para fins pessoais”, disse Rebelo.

Segundo ele, o que ocorre é que pelo Regime Jurídico Único dos Servidores, há a necessidade de pelo menos três notificações verbais, seguida de duas escritas, para que se possa iniciar o processo disciplinar, o que ainda não aconteceu. Wilson diz ter em mãos o teor da notificação que foi enviada a todos os servidores.

O servidor denunciado ainda não foi identificado para que se pronuncie sobre o fato.