rekson_vida

Rekson em vida

Faleceu na noite de ontem Rekson Leda Santos de 27 anos. Ele é uma das duas vítimas do acidente ocorrido na noite de sábado na estrada entre Curionópolis e Eldorado do Carajás envolvendo seis veículos, sendo três caminhões, dois carros de passeio e um reboque.

Segundo informações colhidas pela equipe de reportagem do Repórter30, minutos após o acidente, o condutor de um dos caminhões que vinha de Eldorado do Carajás não percebeu, ou não conseguiu frear o veículo batendo em outro caminhão ¾ que estava parado.

“Quando chegamos aqui no local o reboque estava atravessado na pista rebocando o Idea
que tinha saído da estrada, assim que chegamos perto já percebemos os cones e reduzimos a velocidade, na minha frente estava uma carreta e um gol, todos parados esperando o reboque concluir o trabalho”, contou o motorista o ¾.

acidente_pa_08

Cenário de destruíção

Ainda segundo o condutor do caminhãozinho o outro caminhão descia no sentido Curionópolis em alta velocidade e quando ele e as outras pessoas que estava no local perceberam que o veículo não ia parar se afastaram do local, com a batida a cabine do caminhão que seguia em alta velocidade foi parar distante da carroceria. Parte da cabine do ¾ e da carroceria foram parar sobre o caminhão reboque e a carreta que estava a frente do ¾ mesmo sendo pesada, estar engatada e com os freios de mão ativados foi arrastado na pista batendo no Gol que estava a frente.

A cena após o acidente foi de total destruição, e um os dois ocupantes do caminhão que descia em alta velocidade ficou preso nas ferragens aguardando a chegada do Corpo de Bombeiros de Parauapebas para fazer o resgate. Quem ficou preso nas ferragens foi Rekson, que do local do acidente saiu com ferimentos aparentes mais leve que seu companheiro, mas não resistiu aos ferimentos internos e faleceu na noite de ontem. Seu companheiro permanece internado e recebe cuidados médicos.

acidente_pa_02

Caminhão em que estavam as vítima. Cabine voou metros do local da batida

A Polícia Rodoviária Estadual – PRE foi acionada e controlou o trânsito após a tragédia evitando que outros veículos que passavam pela via também tivessem algum problema. Comanda pelo Sg. Antônio a guarnição sinalizou a via e disponibilizou agentes para conter o trânsito dando suporte total ao resgate.