alcool
Cientistas da Universidade da Califórnia desenvolveram uma capsula com enzimas artificiais que aceleram o processo de eliminação dos efeitos do álcool no organismo. As enzimas chamadas “álcool oxidase” e “catalase” são produzidas naturalmente pelo organismo, mas em um ritmo lento.

A versão artificial das enzimas foi testada em ratos que tinham ingerido álcool e uma hora e meia depois da ingestão, a quantidade de álcool no sangue deles caiu 31,8%. Os cientistas dizem ainda que as enzimas artificiais são identicas às naturais, portanto não existiriam efeitos colaterais.

Os pesquisadores disseram ainda que pretendem inciar os testes em seres humanos logo. Segundo o engenheiro químico Yunfeng Lu, líder do estudo, as enzimas têm baixo custo e poderão começar a ser produzidas daqui a dois anos.

(DOL com informações da Superinteressante)