Notícias

SERRA LESTE – 50 ÔNIBUS DEVEM IR A BELÉM PRESSIONAR O GOVERNO DO ESTADO

Prefeito Chamozinho e Deputado Chamon durante apresentação dos dados técnicos que viabiliza a exploração de 6 milhões de toneladas de minério de ferro
Prefeito Chamozinho e Deputado Chamon durante apresentação dos dados técnicos que mostra a viabilidade da exploração de 6 milhões de toneladas de minério de ferro

A prefeitura de Curionópolis abriu duas Licitações, uma para locação de 50 ônibus e outra para aquisição de gêneros alimentícios, ambos na modalidade de pregão presencial e o recebimento das propostas acontece no dia 26 deste mês na sede da prefeitura na Av. Minas Gerais, 190 – Centro de Curionópolis.

O pregão 12062015/01 será para locação dos ônibus e o pregão 12062015/02 para os gêneros alimentícios que serão usados durante viagem a Belém, quando moradores do município inconformados com o descaso do Governo do Estado, devem ir até a capital, Belém para pedir que a SEMMA – Secretária de Estado de Meio Ambiente trate com responsabilidade a questão da Licença solicitada pela Vale para aumento na produção do Serra Leste.

A prefeitura de Curionópolis abriu duas Licitações, uma para locação de 50 ônibus e outra para aquisição de gêneros alimentícios, ambos na modalidade de pregão presencial e o recebimento das propostas acontece no dia 26 deste mês na sede da prefeitura na Av. Minas Gerais, 190 – Centro de Curionópolis.

Edital Publicado dos dois pregões
Edital Publicado dos dois pregões

O pregão 12062015/01 será para locação dos ônibus e o pregão 12062015/02 para os gêneros alimentícios que serão usados durante viagem a Belém, quando moradores do município inconformados com o descaso do Governo do Estado, devem ir até a capital, Belém para pedir que a SEMMA – Secretária de Estado de Meio Ambiente trate com responsabilidade a questão da Licença solicitada pela Vale para aumento na produção do Serra Leste.

A negativa dessa licença forçou a mineradora a decretar para hoje, dia 18 férias coletivas para boa parte do efetivo que trabalha no projeto, o que preocupa o prefeito Chamonzinho e toda comunidade já que é um enorme prejuízo para o município e prejuízo para os trabalhadores que temem inclusive perder o emprego caso essa licença não seja liberada.

Preocupado com a comunidade e depois e receber vários pedidos de ajuda de empregados da mineradora e do comércio local que perdem com a parada do projeto, o prefeito Chamonzinho não viu outra forma de ajudar se não ser levando o povo para a capital paraense onde irão cobrar do Governo que libere a licença o quanto antes, já que todos os estudos técnicos e de viabilidade foram apresentados pela mineradora em uma reunião da qual participaram o prefeito e deputado estadual Chamon – PMDB.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios