NotíciasParauapebas

VALE – PARAUAPEBAS, MARABÁ E CANAÃ ESTÃO NA LISTA DE PREFEITURAS QUE DEVEM ENVIAR OBRIGATORIAMENTE O XML PARA AS NOTAS FISCAIS DE SERVIÇOS

A partir do dia 1º de agosto, passará a ser obrigatório o envio do XML para as notas fiscais de serviços para uma nova lista de prefeituras. O envio do XML deve ser feito pela ferramenta Vale Procurement Global Services através de dois formulários: “Nota Fiscal de Serviço Eletrônica e SPS com FRS” e “Nota Fiscal de Serviço Eletrônica SPS/SPOT”.

A nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e) foi instituída por lei pelas prefeituras e o fornecedor deverá gerar o XML por meio de serviços informatizados disponibilizados pelas próprias prefeituras. O envio do XML é uma exigência da Vale, para garantir a integridade das informações digitais da NFSe. O fornecedor é responsável pelas informações enviadas.

Prefeituras que passam a ter o envio obrigatório em 1º de agosto:

  • Baldim
  • Barueri
  • Belém
  • Betim
  • Cariacica
  • Conselheiro Lafaiete
  • Corumbá
  • Formiga
  • Itabira
  • Itaguaí
  • Pedro Leopoldo
  • Salvador
  • Timóteo
  • Vespasiano

Prefeituras que já têm a obrigatoriedade de enviar o XML desde o dia 1º de janeiro:

  • Açailândia
  • Belo Horizonte
  • Canaã dos Carajás
  • Contagem
  • Ipatinga
  • Marabá
  • Mariana
  • Nova Lima
  • Parauapebas
  • Rio de Janeiro
  • São Caetano do Sul
  • São Luís
  • Serra
  • São Paulo
  • Vila Velha
  • Vitória

Para anexar o XML, o fornecedor deve acessar a ferramenta Vale Procurement Global Services > Service Center > Recebimento de notas fiscais de serviço – NFSe > Nota Fiscal Eletrônica XML. Depois que o XML é carregado, alguns campos do formulário são automaticamente preenchidos.

Para mais informações sobre como preencher as notas fiscais de serviço de forma correta, os fornecedores devem acessar a página de Notas Fiscais de serviços eletrônicas em www.vale.com/fornecedores.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios