Aprovada concessão de título de Cidadão Honorário para Luiz Veloso da mineradora Vale

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Decreto Legislativo n° 23/2019, de autoria de Horácio Martins (PSD), que concede Título de Cidadão Honorário ao senhor Luiz Antônio Mendes Veloso, pelos relevantes serviços prestados no município de Parauapebas.

Luiz Veloso é natural de Belém (PA), graduado pela Universidade da Amazônia em Elaboração e Avaliação de Projetos Econômicos, com MBA em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável pela Universidade Estácio de Sá.

Em 2006, ele veio para Parauapebas designado a atuar na área de relacionamento da empresa Vale. Desde então, é a pessoa responsável por intermediar e facilitar o diálogo da mineradora com a comunidade em geral.

Já se passaram 13 anos de convívio harmônico nesta cidade. Possui 13 anos de experiência na área de responsabilidade social, relacionamento com a comunidade e institucional, desenvolvimento e gestão de projetos sociais, geração de renda, programas de preparação para o mercado de trabalho, programas de educação ambiental e negociações com manifestações sociais”, descreve Horácio Martins, na justificativa do projeto.

O vereador acrescenta ainda que Veloso também faz parte da diretoria da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (Acip), onde ele vem contribuindo para melhorar o desenvolvimento econômico do município e o relacionamento da indústria com as instituições regionais, proporcionando maior participação das empresas locais nas contratações dos serviços ofertados na cidade.

No entendimento de Horácio Martins, o pioneirismo, a prestação de serviços apresentados e a representatividade no município justificam o reconhecimento de Luiz Veloso como Cidadão Honorário de Parauapebas.

Tramitação e entrega

O Projeto de Decreto Legislativo n° 23/2019 foi analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação, que emitiu parecer favorável à sua aprovação.

A proposição será encaminhada para promulgação pelo presidente da Câmara, Luiz Castilho (Pros). Após publicação, será agendada a entrega do título, que deverá ocorrer em sessão solene realizada pela Casa de Leis.

 Ascomleg

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de