Chineses visitam Serra Pelada. Distrito mineral tem grande potencial

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Como havíamos antecipado representantes de um grupo chinês foi até o distrito mineral de Serra Pelada na manhã desta sexta-feira, dia 22 realizar uma visita “in loco” para conhecer de perto a área e a nova diretoria da COOMIGASP e foram recepcionados pelo presidente cooperativa Jesiel Torres e o pioneiro da vila Ramon Marques.

O interesse do grupo é realizar investimentos na área e depois da vista e de uma roda de conversa os representantes do grupo e o presidente da entidade se comprometeram a trocar e-mails como algumas informações importantes e a partir de então analisar para ambos os lados a viabilidade para o desenvolvimento de negócios em parceria.

Ramon Marques também recepcionou os chineses

Os chineses são o segundo grupo interessado a ir a Serra Pelada, recentemente a entidade representante dos garimpeiros recebeu um grupo canadense, o que demonstra a importância de Serra Pelada e o quanto o distrito mineral chama atenção de investidores em todas as partes do mundo.

Importante frisar que a COOMIGASP apesar de ser a maior cooperativa de garimpeiros em número de cooperados, não é a única, há pelo menos mais nove cooperativas em torno da enorme jazida mineral, bem como o ouro não é o único mineral de valor ou importância industrial, manganês, níquel, prata, platina, cobre e silício são alguns dos minerais passivos de extração e beneficiamento.

Área repleta de silício

Para se ter uma ideia, em uma área pertencente a COOMISP há uma enorme jazida de silício é importante para a fabricação de semicondutores para uso em equipamentos eletrônicos, tais como: Diodos: componente eletrônico que é um excelente condutor quando submetido à tensão no sentido direto, mas péssimo condutor quando submetido à tensão no sentido oposto;

Transistores: componente eletrônico que amplifica sinais elétricos;

Microprocessadores: componente eletrônico que interpreta um conjunto de instruções e realiza operações lógicas e matemáticas.

Com o silício puro é possível obter lâminas extremamente finas, que são utilizadas na produção de chips com dimensões cada vez menores, usados em circuitos integrados de computadores e outros.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de