CurionópolisNotíciasRegião

Chineses visitam Serra Pelada. Distrito mineral tem grande potencial

Como havíamos antecipado representantes de um grupo chinês foi até o distrito mineral de Serra Pelada na manhã desta sexta-feira, dia 22 realizar uma visita “in loco” para conhecer de perto a área e a nova diretoria da COOMIGASP e foram recepcionados pelo presidente cooperativa Jesiel Torres e o pioneiro da vila Ramon Marques.

O interesse do grupo é realizar investimentos na área e depois da vista e de uma roda de conversa os representantes do grupo e o presidente da entidade se comprometeram a trocar e-mails como algumas informações importantes e a partir de então analisar para ambos os lados a viabilidade para o desenvolvimento de negócios em parceria.

Ramon Marques também recepcionou os chineses

Os chineses são o segundo grupo interessado a ir a Serra Pelada, recentemente a entidade representante dos garimpeiros recebeu um grupo canadense, o que demonstra a importância de Serra Pelada e o quanto o distrito mineral chama atenção de investidores em todas as partes do mundo.

Importante frisar que a COOMIGASP apesar de ser a maior cooperativa de garimpeiros em número de cooperados, não é a única, há pelo menos mais nove cooperativas em torno da enorme jazida mineral, bem como o ouro não é o único mineral de valor ou importância industrial, manganês, níquel, prata, platina, cobre e silício são alguns dos minerais passivos de extração e beneficiamento.

Área repleta de silício

Para se ter uma ideia, em uma área pertencente a COOMISP há uma enorme jazida de silício é importante para a fabricação de semicondutores para uso em equipamentos eletrônicos, tais como: Diodos: componente eletrônico que é um excelente condutor quando submetido à tensão no sentido direto, mas péssimo condutor quando submetido à tensão no sentido oposto;

Transistores: componente eletrônico que amplifica sinais elétricos;

Microprocessadores: componente eletrônico que interpreta um conjunto de instruções e realiza operações lógicas e matemáticas.

Com o silício puro é possível obter lâminas extremamente finas, que são utilizadas na produção de chips com dimensões cada vez menores, usados em circuitos integrados de computadores e outros.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios