CRISE NO SAAEP: VEREADORES CRITICAM GESTÃO DA AUTARQUIA

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

A constante falta de água em alguns bairros de Parauapebas levou os vereadores a fazerem duras críticas à gestão do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep) na sessão da Câmara Municipal, na última terça-feira (22).

Durante as explicações pessoais, momento da sessão em que cada vereador tem até cinco minutos para falar sobre um tema livre, Joelma Leite (PSD) e Marcelo Parcerinho (PSC) sugeriram, sem citar nomes, a troca dos gestores que, segundo eles, não conseguem prestar serviços de qualidade à população.

Ultimamente, meu sonho tem sido tomar banho de chuveiro, porque, infelizmente, a água na minha casa não chega. Será por quê? Porque recurso a prefeitura tem. Está pouco, está difícil, mas tem. Instrumentos o município também tem. O que está faltando? Competência? Gestão? Se está ruim, tem que trocar. Não estou aqui falando só do prefeito, porque o prefeito é o maestro, e para isso ele tem as pessoas que estão na ponta, para cuidar disso. E se essas pessoas não estão dando conta de atender à população, de fazer o serviço, mesmo tendo todo o instrumental, elas têm que ser trocadas, infelizmente. Estou aqui para cobrar, não é para queimar A ou B, e sim, para defender a população, porque esse é o meu papel. Então, fica aqui o meu apelo, a minha indignação por tudo que está acontecendo, mas também fica aqui a minha luta, porque estou lutando por recursos para este município, mas, para as coisas melhorarem”, destacou Joelma Leite.

Marcelo Parcerinho – PSC

O Saaep não está dando conta de colocar água embaixo da caixa d’água, no Bairro Rio Verde. Com todo respeito aos bairros VS 10, Tropical e Ipiranga, mas ele não dá conta de colocar água embaixo da caixa d’água, ele vai conseguir bombear essa água para 6 ou 7 quilômetros? Não deu conta, então, prefeito, troque o secretário. Em respeito aos moradores e ao município, peça para sair, secretário. Não é vergonhoso você dizer que não deu conta. Vergonhoso é fazer o trabalho que está sendo feito. Sei que o prefeito tem a maior boa vontade, mas a turma dele não está ajudando. Então, senhor prefeito, ouça este parlamento: está na hora de trocar”, enfatizou Marcelo Parcerinho.

Nayara Cristina
Revisão: Waldyr Silva
Fotos: Anderson Souza

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de