Prefeito de Parauapebas publicará decreto hoje, 18, com medidas de prevenção contra o Coronavírus

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Município não tem registro de suspeitas ou de casos, mas governo se prepara para proteger população.

Até o final da tarde desta quarta-feira, 18, o prefeito Darci Lermen irá publicar decreto com as medidas de prevenção e proteção contra o Coronavírus (Conavid-19) em Parauapebas. Medidas que, a princípio, serão válidas por 15 dias e que nesta manhã foram discutidas no gabinete com uma equipe de governo, envolvendo especialmente as secretarias de Saúde (Semsa) e de Educação (Semed).

No final da manhã, mais de 100 profissionais da saúde do município, entre médicos e enfermeiros, participaram de mais um treinamento sobre como tratar com a doença no município, que até agora ainda não registrou qualquer caso suspeito, mas que decidiu se preparar para tentar evitar o Covid-19.

Na abertura do treinamento, Darci Lermen e o titular da Semsa, Gilberto Laranjeiras, adiantaram sobre as medidas que serão tomadas. “Creio que é melhor errar por excesso de zelo do que por omissão”, disse o prefeito, para adiantar algumas medidas: suspensão das aulas das escolas públicas; proibição de aglomeração de pessoas, seja em qualquer número; restrição ao atendimento público na prefeitura e demais órgãos; liberação dos servidores públicos dos grupos de risco, como aqueles com idade a partir de 60 anos; e ainda liberação dos funcionários que podem trabalhar em casa, os chamados home offices. Todos os eventos públicos, como inaugurações, jogos e reuniões com as comunidades, também foram suspensos.

“Estamos no momento de construção da nossa segurança”, enfatizou Darci Lermen. Com a interrupção das aulas, a prefeitura orienta os pais ou responsáveis a não levar as crianças e adolescentes aos locais públicos, para evitar as aglomerações. O ideal é que as pessoas se mantenham dentro de casa.

O prefeito frisou que Parauapebas segue as orientações dos ministérios da Saúde e da Educação. “Queremos estar prontos. Vamos torcer para não ter nenhum caso aqui e vamos trabalhar para isso não acontecer”, reforçou o prefeito aos profissionais da saúde.

Uma das grandes preocupações da prefeitura é com os hospitais públicos, principalmente o municipal, onde é grande o movimento de pacientes e familiares pelos corredores. Para tentar impedir a entrada dos vírus nessas instituições, a prefeitura vai fazer uma reforma emergencial no antigo PSM, para receber exclusivamente as pessoas com suspeitas de Coronavírus. A prefeitura pretende fazer a reforma em 15 dias e colocar ali 40 leitos.

Outra medida da prefeitura é a criação de “núcleo de crise” para monitorar os rumos do Coronavírus e sugerir medidas contra a doença. “Hoje, vivemos um momento de pandemia, um momento de contarmos com todos servidores que aqui estão. Temos que estar unidos, fortes, para cuidar da nossa população, o que é muito importante”, conclamou Gilberto Laranjeiras aos profissionais de saúde.

O titular da Semsa garantiu que para as equipes não faltarão os equipamentos individuais de proteção, para que trabalhem com segurança e tranquilidade. “Estamos comprometidos em fazer um trabalho bem eficaz para quando o vírus chegar já estarmos preparados”, assinalou Gilberto Laranjeiras, que pediu atenção e cuidado para as notícias falsas disseminadas nas redes sociais. “Não vamos deixar a fake news atrapalhar nossa gestão”, pediu o secretário.

Texto: Hanny Amoras
Foto: Irisvelton Silva
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de