Proprietário de loja de veículos é preso acusado de cometer crime de estelionato

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Após receber denúncias contra o proprietário de uma loja de veículos, acusado de utilizar seu estabelecimento comercial para cometer crimes de estelionato, a Polícia Civil cumpriu, nesta quarta-feira (24), o mandado de prisão preventiva em nome de Jairo Almeida Silva. A prisão ocorreu na loja do suspeito, localizada na João Paulo II, no bairro do Curió Utinga, região metropolitana de Belém.

As investigações contra o empresário iniciaram há três meses. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1º Vara de Inquéritos Policiais e Medidas Cautelares de Belém. A ação foi realizada pela equipe de policiais civis da Delegacia do Marco.

Jairo é acusado de vender os veículos dando uma série de garantias para as vítimas. Uma das denunciantes contou que deu R$ 20 mil de entrada na compra de um carro que já havia sido vendido pelo acusado. Segundo a polícia, ao ser descoberto, Jairo entrava em contato com as vítimas, tentando intimidá-las.

O acusado foi autuado pelo crime de estelionato, conforme os Artigos 171 do Código Penal Brasileiro, por obter para si ou pra outrem vantagem ilícita, em prejuízo alheio, além do Artigo 66 da Lei 8078/CDC, por fazer afirmação falsa ou enganosa, ou omitir informação relevante sobre a natureza dos fatos. Ele ficará à disposição do Sistema Penitenciário Paraense (Susipe).

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de