Quarta parcela do auxílio emergencial para nascidos em julho será paga na quarta-feira (12)

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Na data, os beneficiários poderão utilizar os R$ 600 para compras e pagamentos de contas pelo cartão virtual do aplicativo Caixa Tem

Caixa Econômica Federal vai liberar o crédito em conta digital da quarta parcela do auxílio emergencial para nascidos em julho na quarta-feira (12). Na data, os beneficiários poderão utilizar os R$ 600 para compras e pagamentos de contas pelo cartão virtual do aplicativo Caixa Tem.

O valor referente a esta parcela para este grupo poderá ser sacado em dinheiro apenas no dia 27 de agosto, conforme o calendário do Ciclo 1 da Caixa.

A Caixa também vai pagar a primeira parcela dos R$ 600 na quarta-feira (12) para os nascidos em julho que aguardam esta prestação do auxílio.

O mesmo vai acontecer para quem nasceu no sétimo mês do ano e aguarda a liberação da segunda parcela, ou da terceira parcela.

A tabela do Ciclo 1 prevê pagamentos pelo mês de aniversário dos beneficiários. Portanto, todos aqueles que nasceram em julho e aguardam a 1ª, 2ª, 3ª ou a 4ª prestação do benefício deverão receber o crédito na quarta-feira.

Para aqueles que já receberam os quatro pagamentos, o Ciclo 2 da Caixa, que prevê o pagamento da quinta parcela, terá início no dia 28 de agosto.  Nesta data, será a vez dos nascidos em janeiro receberem a 5ª prestação do auxílio emergencial.

Confira a sua situação do cadastro do auxílio aqui e veja abaixo o calendário de pagamentos completo do Ciclo 1:

<img class="i-amphtml-intrinsic-sizer" style="box-sizing: border-box; max-width: 100%; display: block !important;" role="presentation" src="data:;base64,” alt=”” aria-hidden=”true” />
Calendário de pagamentos para o Ciclo 1 (Crédito:Divulgação)

Contestar o auxílio

O prazo para pedidos do auxílio encerrou no dia 2 de julho. Portanto, se você teve o seu pedido negado, é possível contestar a análise do seu pedido negado pela Caixa pelo site da Dataprev.

Este canal poderá ser utilizado por quem era menor de idade e completou 18 anos recentemente, ou ex-servidores públicos ou ex-militares que perderam esse vínculo com o Estado ou pessoas que perderam o emprego e não têm direito a auxílio-desemprego ou não recebem o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda.

Para outras situações, os caminhos para a contestação são o site da Caixa Econômica Federal, o aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial e a solicitação via Defensoria Pública da União (DPU).

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de