Notícias

Conflito em Serra Pelada gera reações

Amalia-Santana_pt
Deputada do Tocantis está preocupada com o caso

O deputado Federal do Pará, Arnaldo Jordy – PPS do Pará e a Deputada Estadual do Tocantins Amália Santana – PT, se manifestaram depois das ocorrências em Serra Pelada no ultimo domino dia 25.

O Federal falou em favor dos garimpeiros e protestou, nesta terça-feira, contra o que taxou de repressão ao protesto que cerca de 7 mil garimpeiros de Serra Pelada fizeram em frente ao prédio da empresa canadense Colossus Minerals no último domingo. O parlamentar esteve presente à assembleia que decidiu pela manifestação e presenciou a reação da empresa e da polícia. “Foi uma das cenas mais brutais e injustas que vi nos últimos tempos”, disse.

Jordy considerou a atitude inaceitável porque “os garimpeiros estavam apenas protestando, em um país democrático, contra o aviltamento de que são vítimas”. Segundo o parlamentar, 22 pessoas ficaram feridas, algumas delas até chegaram a ser hospitalizadas, por causa da ação da guarda da empresa e da PM, que foi distinta da que estava prevista em acordo firmado com os garimpeiros momentos antes.

O deputado ressaltou que vem pedindo providências ao Ministério Público Federal, que entrou com ação civil pública questionando a legitimidade do contrato e à Justiça Federal, para que seja ágil no julgamento da questão.

jordy-pa
Jordy vai procurar MPF, Justiça, CNJ e embaixada
do Canadá para alertar sobre a situação

Já a deputada Petista do Tocantis, estado que concentra milhares de garimpeiros que vem constantemente ao Pará para Assembleia e reuniões, apresentou um requerimento nesta terça-feira, 27, na Assembleia Legislativa onde pediu envio de expediente á presidente Dilma Rousseff, à Secretária de Direitos Humanos da Presidência, Maria do Rosário, ao Ministério de Minas e Energia e ainda ao Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM solicitando providências urgentes para solucionar os conflitos existentes nos canteiros de obras da mina de Serra Pelada.

A parlamentar tocantina disse ainda que outro fator preocupante são as condições precárias e falta de infraestrutura básica do local o que coloca em risco a vida das pessoas que estão na área.

O Blog da Adepag, entidade de Defesa dos Direitos dos Garimpeiros lamentou a ausência de coberturas de veículos da grande mídia, no post publicado hoje o autor lamenta e afirma: “Lamentavelmente nenhum veículo de comunicação noticiou os fatos violentos cometidos pela Polícia Militar contra indefesos garimpeiros durante a tarde de domingo passado na Vila de Serra Pelada.  Jornais como o Liberal e o Diário do Pará publicaram  a “nota paga e mentirosa”  da Colossus , mas  se esquivaram de registrar os acontecimentos  como eles ocorreram.  Uma lastimade”.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios