Notícias

FATALIDADE COM CRIANÇA COMOVE CURIONÓPOLIS

Vigia explicou como os atletas arrastaram a trave como de costume
Vigia explicou como os atletas arrastaram a trave como de costume

O acidente aconteceu na quarta-feira, dia 06, quando a trave de futsal caiu sobre o pequeno Vinicius, ainda não se sabe como, já que no momento o pai do menino professor Márcio Rocha e amigos estavam jogando basquete: “Eles colocaram a trave de lado e começaram a jogar, de repente ouvi o menino dizendo, ‘pai tá doendo’ nesse momento o pai e amigos se juntaram para socorrer a criança”, contou o vigia da Praça.  

Segundo especialistas as traves de futsal são moveis em quadra poliesportivas devido à diversidade de outras modalidades a serem praticadas no mesmo espaço para evitar acidente  com os atletas.   

Vigia mostra o lado onde aconteceu o acidente, oposto a foto anterior
Vigia mostra o lado onde aconteceu o acidente, oposto a foto anterior

Ao chegar ao Hospital Municipal de Curionópolis em decorrência a gravidade do acidente o paciente foi referenciado para o Hospital Regional de Marabá onde conseguiu leito, foi transferido e recebido na manhã de quinta-feira. Apesar de toda assistência medica a criança não resistiu e faleceu na tarde de ontem, quinta-feira dia 08.

A família recebeu dezenas de mensagens de solidariedade nas redes sociais, consolo, um sentimento compartilhado pela grande maioria da comunidade curionopolense. A internauta Cleudiany Reis comovida escreve na rede social: “Minha ‪#‎solidariedade meus amigos Aline Alencar e Márcio Rocha neste momento tão difícil que estão passando, que ‪#‎Deus ‪#‎conforte vossos corações. ‪#‎Amém”.

Criança era o 'xodó' da família
Criança era o ‘xodó’ da família

Apesar dessa mensagem e outras dezenas de demonstração de solidariedade, ainda nas redes sociais apareceram oportunistas que deixaram de lado a sensibilidade pelo ocorrido e promoveram um verdadeiro ‘palanque eleitoral’ encima da tragédia sem se importar com a dor da família.  

Abaixo algumas das mensagens manifestas nas redes sociais

Solidariedade a família

etiene-coment

sheyla

tati

gilde

 

 

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios