Notícias

Grave acidente deixa um morto e rodovia interditada durante a manhã desta segunda-feira

vitima-no-local
Vítima ainda teve tempo de ser socorrido

Infelizmente não sobreviveu o motorista do caminhão envolvido no acidente desta segunda-feira na estrada que liga Curionópolis à Parauapebas. Mais três veículos se envolveram na tragédia, sedo um ônibus da viação Helios, um caminhão da transportadora Transpess e um caminhão de carregar boi.

Segundo testemunhas o acidente aconteceu porque o caminhão de boi estava parado na pista que por sinal não tem acostamento e no local não havia espaço para que o veículo com problemas mecânicos parasse. “Eu vinha descendo a ladeira perto da curva eu vi a carreta subindo na contra mão, daí freei o ônibus mais o caminhão baú que vinha atrás de mim não conseguiu frear e saiu para a contra mão batendo de frente com a carreta”, disse Antônio Ferreira, motorista do ônibus da Helios que saiu de Parauapebas com destino a Carazinho no Rio Grande do Sul.

O caminhão de boi estava na pista sentido a Parauapebas e o caminhão da Traspess seguia no mesmo sentido e precisou

Caminhão gaiola que estava parado na rodovia
Caminhão gaiola que estava parado na rodovia

mudar de faixa para seguir viagem mais a frente vinha o ônibus e quando desviou retornando para mão direita foi surpreendido pelo caminhão baú, que para não bater na traseira do ônibus que vinha com pelo menos 20 passageiros mudou de faixa batendo de frente.

“Pra mim o motorista do caminhão baú foi um herói, ele perdeu a vida para salvar os passageiros do ônibus. Imagina a tragédia que seria se ele tivesse batido no ônibus. Muito mais pessoas teriam saído feridas”, disse o motorista da Helios.

No acidente só o motorista do caminhão baú saiu ferido, e chegou a ser socorrido mais devido às várias fraturas na parte inferior do corpo não resistiu e morreu. Até o momento não identificamos o nome da vítima que segundo informações preliminares reside em Novo Repartimento.

Enorme fila na estrada de acesso a Parauapebas
Enorme fila na estrada de acesso a Parauapebas

Devido à colisão a carreta ficou atravessada na pista impedindo o transito de veículo nos dois sentidos formando enormes filas dos dois lados, a Polícia Rodoviária Estadual chegou acionar um trator para tentar liberar a rodovia, mas, não foi suficiente.

Orientação – A Polícia Rodoviária Estadual – PRE, oriente os condutores que tenham cuidado ao trafegar nas rodovias do estado, principalmente fiquem atentos aos limites de velocidade e às ultrapassagens: “A maioria dos acidentes que acontecem nessas estradas são causadas por imperícia dos condutores que abusam da velocidade, ultrapassam em local proibido e não respeitam a sinalização, então nós pedimos aos condutores que sejam mais prudentes a fim de evitar novas ocorrências”, orientou Sargento Felix.

Seu Antonio motorista do ônibus: "Escapamos por pouco"
Seu Antonio motorista do ônibus: “Escapamos por pouco”

Acostamento – Reformada há pouco tempo a Rodovia PA-275 a exemplo da maioria das rodovias do Sul e Sudeste do Pará não conta com acostamento, o que aumenta ainda mais o perigo. A Rodovia PA-275 é bastante usada por veículos de grande porte que conduzem estruturas que são utilizadas nos projetos da empresa Vale, geralmente essas estruturas tem excesso lateral e os caminhões precisam de batedores, outro motivo para que a rodovia tivesse acostamento.

É bem verdade que a obra melhorou o trafego na rodovia, também é verdade que o acostamento não seria a solução para o fim dos acidentes, mas é mínimo que o Governo do Estado deveria fazer para minimizar o perigo, tanto é que o acidente de hoje teria sido evitado se houvesse acostamento na via já que o caminhão de boi ficou parado na rodovia por não haver espaço para recolher o veículo.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios