Notícias

PMDB e DEM se aliam e anunciam pré-candidatura

O deputado federal Lira Maia (DEM) declarou nesta sexta-feira (6), em entrevista coletiva para a imprensa de Santarém, a aliança com o PMDB. E no final da tarde, Helder Barbalho veio ao município declarar sua pré-candidatura e confirmar a coligação. “Este ano vamos participar de um projeto diferente do que o partido já tem participado ao longo de muito tempo. O Democrata vai partir junto nesta eleição com o PMDB. O PMDB apresenta um pré-candidato a governador do Pará, que é Helder Barbalho, e está costurando uma chapa e já tem oito partidos aliados”, informou Maia.

A novidade na declaração de Maia é a coligação do Partido dos Trabalhadores (PT), nesta chapa. Em Santarém, o DEM e o PT são adversários políticos há muito tempo, mas agora viverá uma nova realidade. “Nessa eleição o PT tem interesse de eleger um senador. E o Democrata sempre colocou na conversação política que temos um projeto de eleger deputados estaduais, federais e também participar da chapa majoritária”, informou o deputado ao afirmar que seu nome está como pré-candidato a vice-governador do estado, na chapa liderada pelo PMDB. “Estou como pré-candidato para ser analisado por essa chapa integral. E nas convenções partidárias a serem feitas ainda esse mês, tudo deve ser consolidado”, completou Maia.

Lira Maia assegurou que o Democrata participará do projeto de governo do estado nesse ano, junto com o PMDB.

Segundo o deputado, esse período é o momento de todos os partidos estarem em conversas para possíveis alianças. “Nós sempre trabalhamos políticas de forma muito mais profissional e respeitosa do que, numa forma aventureira”, explicou Maia.

Para confirmar a aliança, Helder Barbalho veio a Santarém no final da tarde desta sexta-feira. Ao lado do deputado, ele confirmou a sua pré-candidatura como governador, e Maia como vice. “A minha pré-candidatura já estava confirmada pelo PMDB. Temos o privilégio de receber o apoio do Democrata em apoio a este projeto”, destacou Barbalho.

Aliado ao Democrata, Helder confirmou também a aliança com o PT, definindo como solidez do projeto do PMDB. Ele declarou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff, e apoio a candidatura de Paulo Rocha (PT), ao senado federal.

Mesmo o PT e o DEM sendo adversários políticos na região, Barbalho elogiou os dois partidos em aceitarem a aliança. “Parabéns ao PT que compreende que precisamos estar todos juntos e também o Democrata que da mesma forma se soma. Tenho certeza que esta grande união permitirá a construção de um novo momento para o Pará”, ponderou.

Em termos de aliança com outros partidos, Barbalho informou que a adesão do Democrata define-se em 10 partidos aliados. Até o dia 30 de junho, prazo final para realização das convenções partidárias, o PMDB pretende continuar a dialogar com outros partidos.

Fonte:(DOL)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios