Notícias

Professores decidem hoje se continuam greve

Terminou sem acordo a reunião de mais de cinco horas dos professores com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc – PA). A reunião aconteceu na sede da Secretaria de Administração logo após o ato realizado pelos professores em frente à Seduc.

O secretário, Helenilson Pontes, propôs aos professores da rede pública estadual a implantação da jornada integral de trabalho prevista na lei do piso e reafirmou o pagamento do Piso Nacional reajustado já no contracheque de abril.

A proposta corresponde a um aumento imediato de 13,01%, relativo ao reajuste fixado pelo governo federal para o Piso Nacional do Magistério. Segundo a Seduc, com a proposta do Governo do Estado, a menor remuneração de um professor em início de carreira passa a ser de R$ 3.962 já em abril.

Já segundo o secretário-geral do Sintepp – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará, Beto Andrade, a novidade da reunião foi a apresentação da proposta do governo do estado em implantar o pagamento de 33% da hora/atividade ainda este ano o que, segundo ele, já é um sinal positivo da negociação.

Mas, para o Sintepp a proposta não resolve o problema da categoria, uma vez que os itens da pauta de reivindicação dos professores não avançaram durante a reunião com a Seduc.

“Não ouvimos do governo do estado nenhuma proposta concreta. Além disso, a governo insiste em manter o corte na carga horária dos professores, o que não vamos aceitar”, informou Andrade.

Diante do impasse, os educadores decidiram manter a greve. O conteúdo da reunião de ontem será discutido em assembleia geral que o Sintepp realiza na manhã de hoje, na Praça da República. “Vamos informar o que foi discutido com o secretário, mas a categoria deve deliberar pela continuidade da greve”, adiantou.

FONTE: Diário do Pará – Com alterações

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VOCÊ VIU ISSO?

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios