Um padre foi preso na manhã desta segunda-feira (23), em Santa Maria do Pará, suspeito de dirigir alcoolizado e colidir com um ciclista, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu no município de Castanhal e o padre não teria prestado socorro à vítima, identificada como José Hilton das Neves Conceição, de 52 anos.

Após o acidente, o padre teria tentado fugir mas foi  interceptado pela PRF. Durante a abordagem foi verificado que o veículo pertencia a Arquidiocese de Bragança e apresentava marcas de colisão no para-brisa, capô, para-choque e para-lama dianteiro, além de marcas avermelhadas no para-brisa.

Ainda segundo a PRF, o condutor apresentava visíveis sinais de embriaguez alcoólica.  Após realizado o teste de alcoolemia, foram constatados 1,00 mg/l (miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões), que equivale a 20,0 DG/L, decigramas de álcool por litro de sangue.

Primeiramente ele teria dito aos agentes que seria repórter da TV Nazaré, no entanto, acabou confessando ser padre da diocese do município de Bragança e tomar conta da Paróquia de São Miguel do Guamá. O padre ainda teria confessado ter passado a noite bebendo cerveja na casa de amigos em Castanhal.

O veículo, que é de propriedade da igreja católica, ficava à disposição do padre para seu uso pessoal. O motorista foi preso e conduzido para a delegacia de Polícia Civil em Castanhal.

Fonte: G1-PA