Notícias

Padre mostra pornografia para menor e acaba preso

O padre foi preso em flagrante
O padre foi preso em flagrante

Um padre foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira (3), suspeito de mostrar pornografia para um adolescente de 16 anos em Gurupi, sul do estado do Tocantins. A Polícia Civil afirma que o suspeito, Marcos Aurélio Costa da Silva, de 38 anos, pertence a uma paróquia em Peixe e mantinha conversas íntimas com o menor. Segundo a PC, o religioso se passava por uma mulher nas redes sociais, para tentar convencer o garoto a sair com ele.

Conforme os investigadores, as conversas mantidas com o adolescente possuíam conteúdos pornográficos. De acordo com o agente da Polícia Civil, Eleandro Batista, o padre marcou um encontro com o menor na cidade.

“No encontro a equipe fez a abordagem e constatou que tinham materiais no celular e tablet dele de conteúdo pornográfico”, explica o agente.

Conforme a corporação, o garoto foi quem denunciou o caso à polícia. Depois disso, os agentes o acompanharam durante o encontro que foi marcado próximo ao terminal rodoviário da cidade. O padre foi preso em flagrante.

Ainda conforme o agente, o menor disse que conheceu o padre em um dos festejos da cidade. Ele prestou depoimento na Central de Flagrantes de Gurupi e foi liberado.

“A autoridade policial notificou a conduta dele usando os artigos 241-A e 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ambos não cabem fiança em sede policial. O flagrante será enviado para o poder judiciário”, explica Eleandro Batista.

Os artigos que serviram de base para a prisão do padre tratam sobre a divulgação de conteúdos pornográficos, simulação e aliciamento de menores. A pena varia de um a seis anos de prisão.

O advogado de Marcos Aurélio disse que pedirá o relaxamento da prisão e não quis dar detalhes sobre o caso. O suspeito foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Gurupi.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios