Notícias

PARAUAPEBAS – 6 DE ABRIL DIA MUNICIPAL DA PESSOA VIVENDO COM HIV E AIDS

emocao
Wallersson filho de LINDA se emociona com homenagem a sua mãe

6 de abril é o Dia Municipal da Pessoa Vivendo com Hiv e Aids a lei 4.338/2007 que projetou Parauapebas como a única cidade do mundo a ter uma lei municipal em homenagens às Pessoas Vivendo com Hiv e Aids, ativistas, colaboradores, familiares e amigos envolvidos na causa. O projeto é uma inspiração a 18 países no mundo todo. A Lei 6 de abril é em homenagem a Linda que lutou incansavelmente pelas pessoas vivendo com hiv e aids resultando na conquista do SAE/CTA que oferta diagnóstico e tratamento gratuito a centenas de pessoas de Parauapebas e região.

Wallersson Lopes tinha 12 anos quando sua mãe Linda faleceu por consequência de Aids em 6 de abril de 2005 no hospital municipal de Parauapebas. Em seu emocionante discurso que fez todos os presentes chorarem ele lembrou das constantes viagens de Linda a Belém e outros lugares lutando pela vida, como o carinho, amor e cuidado que sua mãe sempre teve com os filhos sem em algum momento transparecer a dor e tristeza da doença. Wallersson lembra também que era comum fazer massagens em sua mãe em uma demonstração de afeto e amor de filho para mãe e que também sofria os preconceitos vividos por Linda mas sempre aprendendo a superar e desenvolver forças para viver feliz. Hoje Wallersson é casado com Laiane Gomes e os dois tem um lindo filho Bernardo. Esteve presente no evento o padrasto de Wallersson e viúvo de Linda Joddal Simon.

A homenagem do 6 de abril foi realizada no SAE/CTA de Parauapebas no encontro do grupo de adesão de mulheres vivendo com hiv e aids. A historia de Linda e depoimento de Wallersson tocou profundamente a todos provocando um novo pensar e olhar para as pessoas com hiv e aids de Parauapebas e região. Wallersson não tem hiv.

coordenadora
Bianca Andrade Diretora Executiva do Departamento Social do Instituto Acthivist

Bianca Andrade Diretora Executiva do Departamento Social do Instituto Acthivist ressaltou a importância do envolvimento de parceiros na luta contra aids destacando que a ong e os ativistas é uma ponte entre sociedade, pessoas com hiv e aids, governo e empresários na busca pela constante diminuição da vulnerabilidade econômica e social e melhoramento nos serviços públicos para quem tem hiv e aids.

Na ocasião o Instituto Acthivist repassou vales transporte ao grupo de adesão ao tratamento de mulheres vivendo com hiv e aids. Os vales transporte é doação do senhor Manoel Messias presidente da cooperativa do transporte alternativo de Parauapebas.

Além de pessoas vivendo com hiv e aids, esteve presente na homenagem a Linda representantes do SAE/CTA: Drª Nubia Meneses, Drª Eliane, Cleuma Magalhães e Ana Lúcia. Representando o Instituto Acthivist: Joddal Simon e Bianca Andrade

coordenador
Joddal Simon – Viúvo de linda e ativista

Agradecemos primeiramente a Deus por sempre nos proporcionar sabedoria, amor, ternura para tornar melhor a vida das pessoas e aos amigos e parceiros por investir em nosso trabalho nos permitindo fazer acontecer. O nosso muito obrigado

Assessoria Instituto Acthivist

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios