NotíciasParauapebas

Parceirinho quer o fim do abandono com a Praça da Bíblia

Três indicações de autoria do vereador Marcelo Parcerinho (PSC), de nºs 227/2018, 228/2018 e 229/2018, foram aprovadas na sessão ordinária desta terça-feira (7), solicitando da prefeitura, respectivamente, reforma e manutenção da Praça da Bíblia, localizada no Morro dos Ventos; construção de unidade de saúde no Bairro Rio Verde; e manutenção e recuperação do sistema de drenagem nos bairros Caetanópolis e Guanabara.

Praça da Bíblia

De acordo com o legislador, a Praça da Bíblia foi inaugurada no dia 26 de setembro de 2012, com o objetivo de tornar-se um ambiente onde a comunidade pudesse fazer apresentações culturais e de lazer, uma vez que o espaço público se encontra em área privilegiada da cidade, permitindo que os visitantes tenham visão panorâmica de vários bairros, através de um mirante, pois a praça foi construída no alto de um morro.

Marcelo Parcerinho denuncia que toda a estrutura da Praça da Bíblia

Marcelo Parcerinho denuncia que toda a estrutura da Praça da Bíblia, como quiosques, deques e playground, encontra-se há meses em péssimas condições de conservação, além da falta de segurança no local. Por esses motivos, ele pede que o gestor municipal providencie a reforma e manutenção do logradouro público e disponibilize guardas municipais no local, para que a população volte a frequentar a praça com segurança garantida.

Unidade de saúde

Na justificativa do pleito, o vereador diz que o único posto de saúde do Bairro Rio Verde, que funcionava em prédio próprio do município, encontra-se abandonado.

Segundo ainda Marcelo Parcerinho, hoje a comunidade do bairro é atendida num posto de saúde em prédio alugado. “O município tem condições viáveis de realizar a construção dessa tão sonhada unidade de saúde no Bairro Rio Verde”, reforça o parlamentar.

Sistema de drenagem

Na proposição que solicita recuperação do sistema de drenagem, o vereador sugere que os serviços sejam feitos no perímetro que vai da Rua Bom Jardim, no Bairro Caetanópolis, até a Rua Humberto Campos, no Bairro Guanabara.

Conforme justificativa de Marcelo Parcerinho, o pedido de infraestrutura e saneamento é um pleito antigo dos moradores dos dois bairros, que têm suas residências alagadas por água de chuva na época do inverno, em função da falta de tubulação que suporte escoamento do liquido excedente.

As três indicações foram aprovadas em plenário e agora seguem para ser avaliadas pelo Poder Executivo.

Texto: Waldyr Silva
Revisão: Nayara Cristina

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios