Notícias

PROFESSOR ANTÔNIO MARCOS RECEBE LIBERDADE CONDICIONAL

A Magistrada Priscila Mamede Mousinho decidiu libertar o professor Antônio Marcos na tarde desta quinta-feira dia 03. A liberdade é composta de várias condicionantes e será mantida até o julgamento do processo. Dentre as condicionantes que são de praxe, horário determinado para circular pelas ruas, distância mínima da ex-mulher entre outras.

O não cumprimento das condicionantes revoga automaticamente a decisão da magistrada e Antônio Marcos pode voltar imediatamente para prisão.

Para lembrar o crime passional aconteceu no dia 12 de maio por volta das 15h no cruzamento da Rua Cedro com Av. Rio Grande do Sul. A vítima Gutemberg Vieira, 39 anos estaria mantendo um relacionamento com a ex-mulher do professor e em virtude disso houve o desentendimento que culminou com o homicídio. Na época o crime chocou toda comunidade do município porque tanto a vítima, quanto o professor eram bem quistos na sociedade e não aparentavam ter temperamento violento.

Depois do homicídio o professor fugiu e só se apresentou no dia 21 de maio. Era por volta das 15h quando o professor Antônio Marcos chegou acompanhado do advogado Dr. Fernando Patrocínio a 20ª Seccional de Polícia de Parauapebas onde prestou depoimento de mais de duas horas. No dia, apesar do semblante abatido o professor estava calmo e chegou a cumprimentar a equipe de reportagem do Repórter30.

A liberdade do professor põe fim ao sofrimento da família que agora irá aguardar o desenrolar do processo até o julgamento.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios