Estrutura do Projeto Serra Leste

Estrutura do Projeto Serra Leste

A comunidade de Curionópolis está cada vez mais preocupada com o desfecho da ‘novela’ Projeto Serra Leste e a liberação da Licença Ambiental. Segundo informações que chegam à comunidade local por intermédio de autoridades políticas a mineradora já honrou seus compromissos financeiros pagando as devidas taxas, quanto as condicionantes a empresa estaria disposta a cumprir o quanto antes.

Mesmo com uma taxa para liberação do Alvará paga a mineradora afirma que não recebeu a autorização para explorar os 06 milhões de toneladas o que estagnou o projeto. Férias coletivas, redução da carga horária de trabalho e até uma possível licença em massa são alternativas que a empresa vem adotando para manter os contratados.

Uma comissão de um grupo de WHATSAPP chamado Curionópolis em Ação protocolou na Câmara Municipal um Ofício para receber da empresa mais esclarecimentos sobre o que realmente está barrando o projeto a liberação do projeto para continue suas atividades.

Na manha desta quarta-feira o prefeito do município Wenderson Chamon foi até a Rádio Liderança FM e convocou os funcionários da empresa, entidades de classe e toda comunidade para um encontro no Teatro Municipal no sábado dia 12 a partir das 16h00 para deliberar sobre que ações tomar para defender o emprego e renda em nosso município.

Vamos ouvir a sociedade e o que nosso povo decidir assino embaixo. Se for para ficar quieto e deixar o projeto acabar ficaremos quietos, se for para agir vamos agir cobrando, manifestando da forma que for preciso para sensibilizar o Governo do Estado, o importante é defender nosso município e vamos fazer isso todos juntos”, disse o prefeito Chamonzinho no programa de Rádio.

O prefeito também pediu que o Governo do Estado olhe com mais atenção para região Sul e Sudeste do Pará, principalmente o vice-governador Zequinha Marinho – PSC, que é da região: “Quero pedir que o vice-governador por quem tenho muita admiração que olhe com carinho para essa região para nosso povo que sofre com a inércia do Governo Estadual”.

Até agora o Sindicato Metabase que representa os funcionários da mineração na região não se manifestou oficialmente sobre o problema Serra Leste, o Repórter30 entrou em contato por telefone, foi redirecionado para um e-mail, mas não obteve nenhuma resposta da entidade.