Notícias

MENORES EM CASAS NOTURNAS – POLÍCIA CIVIL VAI APERTAR O CERCO

willian-ap
Willian do AP vem cumprindo as normas e acredita que todos os outros empresários vão fazer o mesmo.

Ainda durante a entrevista de ontem, quarta-feira (02), quando o delegado Paiva apresentou informações sobre as buscas ao assassino de Jhulyane, a autoridade policial também falou sobre as casas noturnas de Curionópolis, e começou dizendo: “Já conheço essas casas de festas e sei que não são muitas, também entendemos a necessidade desses empreendimentos trazerem lucros aos seus respectivos donos, porém, vamos apertar o cerco quanto à presença de menores nesses locais assim como o consumo de bebidas alcoólicas por menores”, disse.

O delegado Paiva também falou que devido a calmaria na cidade houve um tempo em que as autoridades deram uma “afrouxada” nos horários de funcionamento, o que não será mais aceito em virtude de algumas ocorrências que tem sido registradas: “O horário será o determinado em portaria em todo Estado do Pará, onde de domingo a quinta-feira essas casas funcionarão até as 00h00, e na sexta e sábado até as 03h00, mas sem acréscimos ou carência, o horário determinado deverá ser cumprido”, explicou.

Ainda esse mês deve haver uma reunião entre os setores de segurança pública e os donos dessas casas noturnas, o objetivo segundo o delegado é alertar para a frequência de menores, venda de bebidas alcoólicas, segurança dos ambientes, e horário de funcionamento. O Corpo de Bombeiros também deverá ser acionado e é possível que venha emitir as licenças de funcionamento desde que as casas atendam as medidas básicas de segurança.

“Também iremos convidar representantes do judiciário e do Conselho Tutelar, setores diretamente ligados aos direitos da criança e do adolescente, e que tem sua parcela de responsabilidade no ajustamento do funcionamento desses ambientes”, afirmou delegado Paiva.

Willian Pedrosa ou Willian do AP é um dos empresários do ramo de casas noturnas que tem se preocupado em cumprir as determinações legais para funcionamento, no seu estabelecimento os itens básicos de segurança são encontrados como, saída de emergência, extintor de incêndio e segurança particular: “Acho que todos que trabalham nesse ramo tem que ter essa atenção, de observar todos os âmbitos da segurança dos clientes, além do mais temos feito o possível para evitar a frequência de menores em nosso estabelecimento, embora esporadicamente aconteça um ou outro caso isolado de menor entrar em algumas de nossas festas”, observou.

Sobre a reunião das autoridades de segurança com os empresários, do ramo Willian vê com uma boa iniciativa e acredita que tal medida pode evitar muitos transtornos no futuro, até mesmo que um ou outro empresário venha descumprir a lei por displicência ou até mesmo por não ter real conhecimento da mesma.

“Sempre deixamos livre o acesso dos Conselheiros Tutelares e temos procurado ser parceiro de todas as autoridades, assim como grande parte dos empresários do ramo em Curionópolis, mas é claro que uma inciativa dessa natureza vem completar nossos esforços e garantir a segurança pública, portanto estamos abertos a reuniões, encontros, audiências e qualquer evento que vise o bem estar de nossos clientes e da sociedade curionopolense”, finalizou Willian.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios