CurionópolisNotíciasRegião

Oposição sai fortalecida da eleição para presidente da Câmara de Curionópolis

A vitória da base governista por 6 a 5 mostra um crescimento das forças de oposição, embora legalmente os poderes sejam apenas interdependentes, na prática sabemos que o Poder Executivo depende e muito da Câmara para poder dar andamento aos seus projetos, e talvez por isso Adonei Aguiar, prefeito de Curionópolis tenha se empenhado tanto no processo eleitoral ocorrido ontem, sexta-feira 1º de fevereiro.

A chapa vencedora é liderada pelo emedebista vereador Nonato Maranhense que entrou na disputa secretariado pelos vereadores Junior Brito – SD e o líder do Governo na Câmara Paulo Higino do PSDB. Sem levar em consideração as questões partidárias Nonato concorreu o vereador Magno Santos – MDB que encabeçou a chapa 2 tendo como membros do secretariado os vereadores Junior da Mariona – PPS e Francisco Aderbal – DEM.

O maior destaque do pleito foi a presença do prefeito e de grande parte de servidores públicos municipais que lotaram a plenária da Casa de Leis, além deles secretários de governo e do procurador do município, também foram figuras ativas no pleito.

A Sessão foi presidida pelo vereador Raimundo Roldão – DEM, mais velho da Casa e segundo regimento a pessoa indicada para esse momento visto que a Câmara estava sem presidência desde os imbróglios formados ainda no ano passado. Exatamente nesse ponto que o vereador se atrapalhou por completo ao pedir lista de chamada que não constava na mesa diretora, em seguida pediu que fosse lida Ata da Sessão anterior, contudo a Ata não tinha validade vista que essa Sessão havia sido anulada por decisão judicial.

Roldão teve ao lado na mesa diretora os vereadores Gildásio Borges – PSD e professora Nilde – PSDB.  Foi exatamente o vereador Gildasio quem teve que fazer as vezes e explicar que a Ata não seria lida bem como fazer uma lista de chamada por ordem de posição das cadeiras.

A votação, conforme reza o Regimento Interno ocorreu de forma secreta e foi decidida no último voto, onde a chapa 1, de Nonato Maranhense venceu de 6 a 5, vitória só não foi mais importante porque a oposição saiu fortalecida. Antes eram apenas dois vereadores agora são cinco propensos a se manter como oposição ao governo. É claro que se mantiver esse número as votações em favor da Gestão municipal serão bem acirradas.

Vale destacar ainda a oposição de Francisco Aderbal, vereador eleito na base do prefeito Adonei que agora fica do lado oposto a gestão devido diferencias ideológicas e políticas.

Durante todo processo o prefeito e o procurador conversaram com vereadores, orientou no uso da urna de votação e acompanharam de perto o processo.

Confira vídeo com trechos do pleito.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios