Prefeito de Curionópolis busca recursos do Fundo para o Desenvolvimento Regional com Recursos da Desestatização (FRD)

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Em busca de garantir os recursos para investir na infraestrutura do município de Curionópolis, o prefeito Adonei Aguiar participou de uma reunião para tratar sobre o Fundo para o Desenvolvimento Regional com Recursos da Desestatização (FRD). O evento foi realizado na manhã desta quarta-feira (4), na Secretaria de Obras Públicas do Estado (Sedop), em Belém.

A captação dos recursos proveniente deste fundo pode beneficiar 16 municípios que compõem a região de Carajás. Para Curionópolis, estão previstos recursos para implantação de mais 5 km de asfalto.

“Estamos pleiteando esse recurso que trará pavimentação asfáltica para os bairros que estão necessitando de mais infraestrutura. E para garantir este benefício, iremos em comitiva juntamente com o governo do Estado à presidência do BNDS, no Rio de Janeiro, em 15 dias “, disse o prefeito Adonei Aguiar.

Estiveram presentes na reunião o secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas Ruy Cabral, representante da Casa Civil da Governadoria do Estado Josenir Nascimento e os demais prefeitos da região de Carajás.

O FRD

O Fundo de Desenvolvimento surgiu em 1942, com a criação da Companhia Vale do Rio Doce, que tinha um dispositivo em seus estatutos que exigia a aplicação de 8% do seu lucro líquido em favor dos Municípios inseridos na área de sua atuação e visava exatamente ter um efeito corretivo e compensatório, a fim de minimizar os impactos negativos dos projetos da Vale.

Com a privatização da Cia. Vale do Rio Doce, os recursos do Fundo foram destinados ao BNDES, que se reestruturou para gerir adequadamente projetos de pequeno e médio porte, mantendo as linhas básicas dos planos e programas que a Vale do Rio Doce, quando estatal, usava em favor dos Municípios. Assim, após a privatização, foi assinado um protocolo e, no dia 17 de dezembro, com a Resolução 918/97 do BNDES, foi criado o Fundo para o Desenvolvimento Regional com Recursos da Desestatização (FRD).

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Comente com o Facebook

Mais de