Notícias

SERRA PELADA – Mais um candidato à presidência da COOMIGASP

O encerramento do prazo da intervenção está aguçando os olhos de muitos líderes garimpeiros que pretendem “gerir” a cooperativa pós-processo judicial, processo esse que já deu bastantes resultados positivos, dentre eles uma cooperativa enxuta, quadro social parcialmente concluído e ações administrativas coerentes.

Joãozinho tem muitos amigos no meio garimpeiro
Joãozinho tem muitos amigos no meio garimpeiro

A lista de nomes é extensa e conta com ex-delegados, ex-diretores e até ex-presidente, mas essa semana outro nome entrou no “páreo”, trata-se do ex-vereador de Curionópolis João Patrocínio Filho, popular Joãozinho, sócio da COOMIGASP com a matrícula número: 08.615, ele está declarando aos quatro ventos que vai concorrer nas eleições de setembro. Vale ressaltar que Joãozinho está em dias com suas obrigações estatutárias.

Em conversa com o filho do ex-vereador o advogado recém-formado, Fernando Patrocínio soubemos que a intensão de Jãozinho está consolidada e segundo o filho já começaram as caminhadas por cidades do Maranhão e Tocantins, principais redutos eleitorais da COOMIGASP.

Joãzinho se junta à lista que já tem Airton Portilho, João Batista, Salustiano, Milhomem, Edinaldo, entre outros. Será sem sombra de dúvidas uma grande “corrida presidencial” de uma cooperativa que até antes da intervenção tinha seus recursos administrados a “revelia”, sem nenhum pudor. Um bom exemplo disso foi a “faraônica” obra do Galpão da cooperativa, um projeto tão escalafobético que o “engenheiro” conseguiu colocar o palco do mesmo lado das arquibancadas. E esse foi apenas um dos inúmeros equívocos da engenharia do local.

Espera-se, que quem assuma a cooperativa cumpra as determinações contidas no reformado Estatuto Social, dentre as quais se destaca o Capítulo IV no Art. 60 que diz: “O cargo de administrador será exercido por um profissional do mercado, formado em administração e com a comprovada experiência…” O cumprimento desse artigo é o mínimo que qualquer empresa, seja ela privada, pública ou de cunho cooperativista deve por em prática.

A grande questão agora é, quem vai assumir a entidade? Será que todos os pretensos candidatos à presidência da Coomigasp vão concorrer? Ou veremos nesse processo o que já acontece em campanhas majoritárias de cargos públicos onde alguns lançam seu nome, conseguem alguns adeptos e por fim formam alianças para se garantirem no poder ainda que não seja na chamada “cabeça”.

Fotos: John Jessé

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios